Um blog para mulheres inteligentes e empoderadas pelo conhecimento!

Um blog para mulheres inteligentes e empoderadas pelo conhecimento!
"Interior de escola árabe em Constantina". Grafite e aquarela sobre papel de Theodore Chasseriau.1846.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dica de filme: Lope


O filme Lope (2010) tenta mostrar, através de alguns fatos interessantes, a história da vida do poeta e grande dramaturgo espanhol Lope de Vega, que ajudou a construir a época de ouro da literatura espanhola renovando a arte do teatro.


Dividido entre o amor de duas mulheres, Isabel ( filha de um grande dono de teatro de Madri, para quem Lope passa a escrever suas comédias) e a aristocrata e pura Elena, Lope escreve e encanta a toda a sociedade madrilenha, mas não sem evitar problemas com dívidas e ofensas públicas.


A ficha técnica do filme é uma surpresa boa: fotografia e trilha sonora impecáveis. Lope é uma co-produção Brasil/Espanha; seu diretor é o brasileiro Andrucha Waddington e tem participações especiais de Selton Mello (um aristocrata que, para conquistar sua amada Elena, paga para Lope fazer lindos poemas) e Sonia Braga (mãe do poeta).




"Desmaiar-se, atrever-se, estar furioso,
áspero, terno, liberal, esquivo,
alentado, mortal, defunto, vivo,
leal, traidor, covarde e valoroso;

não ver, fora do bem, centro e repouso,
mostrar-se alegre, triste, humilde, altivo,
enfadado, valente, fugitivo,
satisfeito, ofendido, receoso;

furtar o rosto ao claro desengano,
beber veneno qual licor suave,
esquecer o proveito, amar o dano;

acreditar que o céu no inferno cabe,
doar sua vida e alma a um desengano,
isto é amor; quem o provou bem sabe."
    
(Definição do amor, Lope de Vega)


Nenhum comentário:

Postar um comentário